A revolução do sistema...

Atualizado: 23 de Jul de 2018

As indústrias de placa de gesso e aço foram capazes de encontrar a “bala de prata” para divisórias não combustíveis: o parafuso auto-perfurante. 


Feitas de aço endurecido, as pontas desses parafusos tinham um ponto “pontiagudo” auto-perfurante, para a estrutura de aço mais finas, ou um ponto perfurador para aço mais espesso. Esses parafusos e o desenvolvimento paralelo de ferramentas para impulsioná-los durante a década de 1950 criaram uma oportunidade para que as estruturas de aço se  expandisse para o mercado comercial, e outras empresas de estruturas de aço começaram a surgir em toda a América do Norte.

Durante a década de 1960, essas divisórias expandiram para novos sistemas, como o revestimento externo com revestimento de tijolo e aplicações internas como paredes de eixo, onde os pinos especialmente configurados possuíam painéis de gesso resistentes ao fogo. Isso permitia a construção de muros ao redor de torres de escadas e poços de elevadores sem a construção de andaimes no interior do poço, e sem o peso da argamassa da construção de alvenaria.

O primeiro sistema de parede de poço, patenteado pela USG, foi usado pela primeira vez nos prédios do World Trade Center em Nova York.



®

© 2017 por ConstruÁgil.
Proibida a reprodução do conteúdo sem autorização.

BR-101, Km. 125, Nº 12.500

Canhanduba, Itajaí - SC

(47) 3346-4546        47 996740411

    

  • ConstruÁgil
  • 47 999340838
  • Facebook Social Icon